Judoca perde 10 kg em três semanas para disputar torneio e conquista prata

10/04/2014 12h29


Fonte G1 PI

Vida de atleta não é fácil. E, para buscar um lugar no pódio, vale quase tudo. Que o diga o piauiense Lucas Damasceno. O garoto de 15 anos perdeu nada menos do que 10,5 quilos em três semanas para se credenciar na disputa da categoria -81kg do Campeonato Brasileiro Regional I, disputado no último final de semana em Fortaleza.

A dieta rigorosa deu resultado no tatame. Lucas só foi derrotado e por uma falta, por outro piauiense, Wiliam Farias, dois anos mais velho. No final, medalha de prata e lugar no pódio.

- Lutei contra o campeão da etapa do ano passado e venci na semifinal. Contra o Wiliam, na final, foi uma luta complicada. O critério de desempate foi a falta. Mas em geral, a competição foi boa porque eu tive que perder muito peso em pouco tempo. Essa foi a minha terceira prata, o primeiro como sub-18 regional – comenta o atleta.


Poderia ser melhor, diz chefe de delegação


Podia ser melhor. O Piauí faturou a segunda colocação na etapa regional do Campeonato Brasileiro de Judô, mas queria mais. Com 47 medalhas no total, a delegação piauiense, com 100 atletas, só não foi melhor que a do Ceará. Embora tenha conquistado as mesmas vinte medalhas de ouro, o estado perdeu no desempate nas medalhas de prata. O resultado poderia ter sido diferente se alguns atletas tivessem conseguido atingir os limites de peso de algumas categorias.

- No geral, o Piauí teve um bom desempenho, mas acredito que poderíamos ter nos saído melhor se alguns atletas tivessem conseguido atingir o limite de peso. A Joseane, por exemplo, conseguiu uma medalha de ouro na categoria sênior. Se tivesse conseguido diminuir de peso, muito provavelmente teria conseguido também medalha de ouro em outra categoria - explica Aristófanes Sousa, chefe de delegação.

Agora os judocas se focam para o Campeonato Piauiense que deve ser disputado no mês de junho e será oportunidade de atletas garantirem participação no Campeonato Brasileiro.


Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook