Regina Sousa diz que Ciro Nogueira já está em campanha para 2022, mas nega conflito

31/01/2020 15h32


Fonte Cidadeverde.com

A vice-governadora Regina Sousa (PT) chamou de desserviço a antecipação no meio político das eleições 2022. Ela negou que esteja acontecendo desavenças na base por conta do assunto, no entanto, afirmou categoricamente que o senador Ciro Nogueira já está em campanha.

“O senador Ciro Nogueira está em campanha para 2022. Isso ninguém pode negar. Em algumas palavras, algumas ações, a gente percebe isso. Mas não tem briga ainda. O Progressistas está no governo, a convivência é boa”,
afirmou em entrevista à TV Cidade Verde.

“Acho desserviço antecipar essa discussão, trazer essa discussão pra agora”,
acrescentou.
Imagem: Yasmim CunhaRegina Sousa(Imagem:Yasmim Cunha)Regina Sousa

Segundo a vice-governadora, o momento é de se dedicar as eleições municipais de 2020. “Se tiver polidez e juízo, todo mundo vai dialogar sem brigar. O conflito pode existir desde que não seja armado. É prudente não antecipar a eleições de 2022. Disputa 2020 do jeito que tem que disputar. Ele (Ciro) tem todo o direito de ter os candidatos dele e o PT também, principalmente no contexto novo de eleição, que é não ter mais coligação”, declarou.

Regina frisou que é ilusão não ter conflitos numa eleição, no entanto, as disputas precisam ser respeitosas. “Não pode nenhum partido querer abafar o outro. Todo partido tem direito a se fortalecer. Conflito sempre tem, desde que não seja armado. Não adianta dizer que em eleição não tem conflito. Agora tem que ser respeitoso e não agredir”, afirmou.

A vice-governadora acredita que a base do governador Wellington Dias tem condições de sobreviver ao pleito de outubro, mesmo com as disputas em várias cidades do estado, como em Picos, por exemplo, onde na última eleição para prefeito o Progressistas entrou em conflito direto com o PT.

“Eu acho que sobrevive. Já tem muita gente trabalhando em 2022. Isso já é outra história. Quando começa a trabalhar a eleição de 2022, a tendência é se afastar, pois quer marcar posição”, comentou.

A petista disse ainda que em Teresina, a candidatura do deputado estadual Fábio Novo é um caminho sem volta. “A candidatura em Teresina é caminho sem volta. Não menosprezem o Fábio Novo. Ele vai fazer bonito. Tem que ter respeito pela candidatura do Fábio. Ainda estamos em janeiro”, finalizou.

Tópicos: candidatura, ciro, conflito