Três rodovias estaduais passam por obras no Piauí; previsão é que 21 trechos sejam recuperados

16/06/2022 10h00


Fonte G1 PI

Imagem: Ascom DER-PI  DER-PI inicia a recuperação de 21 trechos de rodovias estaduais no Piauí.(Imagem:Ascom DER-PI ) DER-PI inicia a recuperação de 21 trechos de rodovias estaduais no Piauí.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) iniciou a recuperação de 21 trechos de rodovias estaduais que necessitam de intervenções emergenciais estabelecidas no decreto estadual Nº 20.955, publicado no início do mês maio deste ano. Os serviços contemplam estradas localizadas nos Territórios de Desenvolvimento Planície Litorânea, Carnaubais, Vale do Sambito, Vale do Guaribas e Chapada Vale do Rio Itaim.

Neste momento, passam por obras os trechos da PI-120, entre Valença e Pimenteiras; PI-142, entre Marcolândia e Simões; e da PI-245, entre Sussuapara e São José do Piauí. Ao todo, serão recuperados 92 km nessas três rodovias.

De acordo com o diretor-geral do DER, Felipe Eulálio, a previsão para concluir os serviços é de cerca de dois meses. Os recursos aplicados nestas primeiras intervenções são de R$ 6,8 milhões.
Imagem: Ascom DER-PIDER-PI inicia a recuperação de 21 trechos de rodovias estaduais no Piauí.(Imagem:Ascom DER-PI)DER-PI inicia a recuperação de 21 trechos de rodovias estaduais no Piauí.

As equipes das empresas contratadas pelo órgão executam a recuperação com tapa-buraco e aplicação de camada asfáltica em Tratamento Superficial Duplo (TSD).

“Além de tapa-buraco, implantaremos asfalto novo nestes locais por meio de um procedimento que garante durabilidade à pista, permitindo deslocamentos mais rápidos e seguros aos condutores”, explica Felipe Eulálio.

Decreto estadual Nº 20.955

O decreto estadual assinado pela governadora Regina Sousa tem como base o relatório elaborado pela Diretoria da Unidade de Conservação e Manutenção (DUCM) do DER. No documento, a chefe do Executivo estadual determina a mobilização de todos os órgãos estaduais nas ações que promovam melhorias nas estradas castigadas pelo período chuvoso considerado atípico neste ano.

Segundo o relatório do DER, o elevado volume de chuvas e acúmulo de água pluvial causaram impactos às rodovias, como erosões no leito da pista, danos consideráveis na drenagem superficial e risco iminente de rompimento.

“Com o decreto, temos a permissão de recuperar as rodovias no menor intervalo de tempo sem comprometer a continuidade dos serviços públicos, a segurança das pessoas, das obras e de bens públicos e particulares”,
destaca o diretor-geral do DER.

Tópicos: estadual, decreto, rodovias