Governo autoriza viagem de Queiroga para dar conferência sobre ações do Brasil

21/10/2021 08h56


Fonte G1

 
Imagem: ReproduçãoClique para ampliarQueiroga ksdksd(Imagem:Reprodução)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi autorizado a viajar para Portugal para ministrar uma conferência sobre as ações do Brasil no enfrentamento à Covid-19. A autorização foi publicada na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial da União.

A conferência será na Universidade Nova de Lisboa. Na mesma viagem – de 25 a 30 de outubro –, o ministro irá visitar as cidades de Oxford, Cambridge e Londres, no Reino Unido, para visitar institutos de pesquisa e participar de reuniões. Queiroga continuará a receber salário e terá direito a passagens e diárias enquanto estiver fora do país.

Na quarta-feira (20), a CPI da Covid recomendou que o ministro seja indiciado por 2 crimes – prevaricação e epidemia com resultado de morte – por conta de sua atuação na pandemia.

Ao longo da pandemia, Queiroga se posicionou em diversas ocasiões contra a obrigatoriedade do uso da máscara – uma das formas de evitar a disseminação da Covid-19.

Com mais de 604 mil mortes registradas pela doença, o Brasil tem o segundo maior número de óbitos pela Covid no mundo – atrás apenas dos Estados Unidos –, apesar de ter a 6ª maior população mundial.

Em junho, em depoimento à CPI da Covid, o epidemiologista Pedro Hallal, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), afirmou que cerca de 400 mil das então 500 mil mortes registradas no país poderiam ter sido evitadas (veja vídeo abaixo) caso medidas de controle – como o distanciamento social e uma vacinação mais rápida – tivessem sido implementadas no país.

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook

Tópicos: ministro, covid, queiroga