Bolsonaro: STF libera matérias sobre compra de imóveis em dinheiro vivo

24/09/2022 10h39


Fonte meionorte.com

Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarFamília Bolsonaro é acusada de comprar 51 imóveis em dinheiro vivo.(Imagem:Divulgação)Família Bolsonaro é acusada de comprar 51 imóveis em dinheiro vivo.

Alexandre Mendonça, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou as reportagens produzidas pelo site UOL sobre a compra de imóveis em dinheiro vivo por parte da Família Bolsonaro. O portal de notícias havia acionado o Supremo após a decisão, que foi considerada como censura, do desembargador Demétrius Gomes Cavalcante, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF).

"No Estado Democrático de Direito, deve ser assegurado aos brasileiros de todos os espectros político-ideológicos o amplo exercício da liberdade de expressão. Assim, o cerceamento a esse livre exercício, sob a modalidade de censura, a qualquer pretexto ou por melhores que sejam as intenções, máxime se tal restrição partir do Poder Judiciário, protetor último dos direito e garantias fundamentais, não encontra guarida na Carta Republicana de 1988. No referido julgamento, reiterou-se a plena liberdade de imprensa como categoria jurídica proibitiva de qualquer tipo de censura, bem assim, a imposição, ao Poder Judiciário, do dever de dotar de efetividade os direitos fundamentais de imprensa e de informação", escreveu André Mendonça.

Denúncias


De acordo com a apuração do UOL, que considera o patrimônio do presidente, dos três filhos mais velhos, da mãe, de cinco irmãos e duas ex-mulheres no Distrito Federal e nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, são 107 imóveis, onde 51 foram comprados com dinheiro vivo. Em valores corrigidos pela inflação, o patrimônio é estimado em R$ 26 milhões.

A lista de propriedades inclui imóveis citados nas investigações sobre um esquema de "rachadinhas" envolvendo o senador Flávio Bolsonaro, quando ainda era deputado estadual no Rio de Janeiro no mandato entre 2003 e 2018.

Bolsonaro respondeu às acusações muito irritado.

"Qual é o problema de comprar com dinheiro vivo algum imóvel? Não sei o que está escrito na matéria. Qual o problema? Investiga, meu Deus do céu, investiga", disse.

Tópicos: dinheiro, bolsonaro, im?veis