Polícia investiga suspeita de estupro coletivo contra adolescente de 17 anos em União, no Piauí

02/12/2022 08h49


Fonte G1 PI


A Polícia Civil do Piauí investiga um estupro coletivo contra uma adolescente de 17 anos ocorrido em União, a 67 km de Teresina. O caso foi atendido pela Polícia Militar na tarde de quarta-feira (30/11) e encaminhado para a Central de Flagrantes da capital.

A comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar (16º BPM), sargento Carlos Neves, uma adolescente e o seu namorado marcaram um encontro na casa de um amigo, onde teria ocorrido o estupro.

Ao g1, comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar (16º BPM), sargento Carlos Neves, um casal de namorados marcou um encontro durante o seu horário de aula na casa de um amigo. Na residência tinha mais outros dois adolescentes, que teriam abusado da garota.

"Os quatro envolvidos se tratam da garota (a vítima), seu companheiro, de 17 anos, com quem teve relações consentidas, e outros dois adolescentes, também de 17 anos, suspeitos de abusarem da menina quando seu namorado se ausentou do quarto onde estavam na casa de um amigo", explicou o comandante.

Segundo o comandante, a menina contou do estupro para o seu pai e os dois foram registrar o boletim de ocorrência. Em depoimento, a vítima relatou que após ter relação sexual com o seu namorado, os outros dois adolescentes entram no quarto quando ela estava só e a violentaram.

Ainda na tarde de quarta-feira (30), os envolvidos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e depois liberados. A investigação do caso foi encaminhado para a Delegacia de União.

"Ainda estou aguardando os altos colhidos na Central de Flagrantes, mas de certo, o quanto antes, o caso estará aqui na delegacia",
afirmou a delegada Jailza Pinheiro, titular do 20º Distrito Policial em União.

A vítima realizou exames no Serviço de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Sexual (Samvvis), na Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Veja mais notícias sobre Piauí, clique em florianonews.com/piaui