Piauí adere ao protocolo do Consórcio Nordeste para aquisição de vacina contra a Covid-19

15/09/2020 18h12


Fonte G1

Imagem: ReproduçãoPiauí adere ao protocolo do Consórcio Nordeste para aquisição de vacina contra a Covid-19, diz Welli(Imagem:Reprodução)
 O governador Wellington Dias (PT) anunciou nesta terça-feira (15) que o Piauí aderiu ao protocolo do Consórcio Nordeste para a futura aquisição de 50 milhões de ampolas da vacina russa contra a Covid-19. O acordo com o Governo da Rússia ainda está sendo feito pelo grupo formado pelos governadores do Nordeste. O protocolo de adesão está em fase preliminar.

A obtenção acontecerá após a aprovação e regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O objetivo, segundo o gestor, é garantir maior agilidade no processo de produção e distribuição da vacina no Nordeste.

“Agora, celebramos um novo protocolo em que o Piauí aderiu, ele é parte do Consórcio Nordeste, para aquisição de 50 milhões de ampolas da próxima vacina da Rússia. O nosso objetivo é, após a aprovação e com todo o regramento de regra da Anvisa, termos condições de produção e distribuição no Nordeste, garantindo assim maior agilidade”, afirmou.

Além disso, Wellington informou que foi acordada também uma experiência para as testagens das vacinas em execução pelo mundo, assim como está sendo feito no estado da Bahia.

“O estado do Piauí aderiu a um protocolo, tanto do Governo Nacional, através da Anvisa, do Ministério da Saúde e também em relação ao Consórcio Nordeste. O Consórcio tem um patamar avançado em que aqui acertamos fazer uma experiência baseada na Bahia, com a presença de cientistas dos noves estados, onde o objetivo é testar as vacinas mais avançadas, como da Americana, da Inglaterra, da Rússia e da China”, acrescentou o governador.


Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook

Tópicos: vacina, anvisa, protocolo