Imagens aéreas mostram avenida intrafegável em Teresina; motoristas e comerciantes relatam prejuízos

04/01/2023 11h11


Fonte g1

Imagem: ReproduçãoO responsável da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Leste, James Guerra, afirmou que a via não foi feita para suportar o peso dos caminhões.  ?Aquele(Imagem:Reprodução)
 O líder comunitário Wanderlan Carvalho trafega com frequência na avenida Dom Helder Câmara, localizada na Zona Leste de Teresina. Ele é motociclista e conta que todos os anos o problema com os grandes buracos, se repetem. A via está intrafegável e imagens aéreas mostram os estragos que causam prejuízos a motoristas e comerciantes.

“Na época das chuvas é sempre assim. Uma situação caótica e vergonhosa. Quando começa a chover, o nível da água sobre até acima da altura do joelho. Ninguém consegue passar. Fica impossível”, disse.

Depois do fechamento da rotatória da Ladeira do Uruguai para iniciar as obras de rebaixamento da Avenida João XXIII, a avenida Dom Helder Câmara passou a ser usada com mais frequência por motoristas de caminhões de carga de grande porte.

Ela é acesso da BR-343 de quem segue em direção ao bairro Planalto Uruguai ou quem sai dele para a rodovia federal.

O responsável da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Leste, James Guerra, afirmou que a via não foi feita para suportar o peso dos caminhões.

“Aquele local é um ponto de fluxo natural de várias lagoas e córregos. Por isso, na época de fortes chuvas, esse problema persiste em acontecer”, afirmou.


Confira as últimas notícias sobre Piauí: florianonews.com/piaui
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews

Tópicos: avenida, chuvas, l?der