Governo Federal decreta estado de emergência para 11 cidades do Piauí por estiagem e seca

12/08/2022 09h25


Fonte G1 PI

Imagem: Patrícia Andrade/G1Treco da PI-259 em obras entre as cidades de Paulistana e Curral Novo.(Imagem:Patrícia Andrade/G1)Treco da PI-259 em obras entre as cidades de Paulistana e Curral Novo.

Piauí tem onze cidades em situação de emergência por conta da estiagem e seca, segundo o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. A cidade de Campo Alegre do Fidalgo foi a mais recente inclusão na lista, pela Portaria Nº 2.537, de 8 de agosto DE 2022. Veja abaixo a lista de cidades.

Cidades do Piauí em estado de emergência reconhecido pelo Governo Federal ficam na região sudeste do estado — Foto: Sistema Integrado de Informações sobre Desastres
Imagem: Sistema Integrado de Informações sobre Desastres  Cidades do Piauí em estado de emergência reconhecido pelo Governo Federal ficam na região sudeste do estado.(Imagem:Sistema Integrado de Informações sobre Desastres ) Cidades do Piauí em estado de emergência reconhecido pelo Governo Federal ficam na região sudeste do estado.

Dez das cidades da lista estão em emergência em razão da estiagem. Uma delas, Paulistana, está em situação de emergência por conta da seca. Os decretos estarão em vigência até 31 de dezembro de 2022.

A Defesa Civil Estadual informou ainda que cerca de 40 cidades pediram para pelo reconhecimento do estado de emergência. Os pedidos estão sob análise.
Imagem: Prefeitura de Dom Inocêncio/ Divulgação  Dom Inocêncio, no Piauí.(Imagem:Prefeitura de Dom Inocêncio/ Divulgação ) Dom Inocêncio, no Piauí.

Com os decretos de emergência, os gestores públicos podem solicitar recursos ao Governo Federal ou Estadual para socorrer a população e amenizar a situação de estiagem.

Estiagem e seca

Imagem: Inmet  Governo Federal decreta estado de emergência para 11 cidades do Piauí.(Imagem:Inmet ) Governo Federal decreta estado de emergência para 11 cidades do Piauí.

Segundo a Classificação e Codificação Brasileira de Desastres (Cobrade), a estiagem é um período prolongado de baixa ou nenhuma chuva em que a perda de umidade do solo é maior do que a reposição de umidade.

Já a seca caracteriza uma situação mais grave, em que a estiagem é ainda mais longa, e dura um período suficiente para causar provocar desequilíbrio hidrológico na região.

Em Paulistana, nesta quinta-feira (11), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 22% de umidade e ventos de 0,6 m/s. O nível de umidade abaixo dos 30% causa prejuízos à saúde das pessoas.

Ainda nesta quinta o Inmet emitiu um alerta de perigo potencial por conta da baixa umidade. O alerta compreende mais de dois terços do território piauiense e parte dos estados do Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Tocantins, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

Veja a lista de cidades em situação de emergência:
  • Dirceu Arcoverde
  • Dom Inocêncio
  • Coronel José Dias
  • Campo Alegre do Fidalgo
  • São Francisco do Piauí
  • Betânia do Piauí
  • Curral Novo do Piauí
  • Jacobina do Piauí
  • Paulistana
  • Vera Mendes
  • Vila Nova do Piauí

Veja mais notícias sobre Piauí, clique em florianonews.com/piaui

Tópicos: governo, desastres, inmet