Capitão da PM que confessou ter matado Camilla é indiciado por 3 crimes

01/12/2017 08h27


Fonte Cidadeverde.com

Imagem: Cidadeverde.comClique para ampliarAllison Watson(Imagem:Cidadeverde.com)Allison Watson

O capitão da Polícia Militar, Allison Watson, que confessou ter matado a estudante Camilla Abreu, foi indiciado pelos crimes de homicídio duplamente qualificado por feminicídio e sem chances de defesa à vítima, ocultação de cadáver e fraude processual.

O inquérito policial presidido pelo coordenador da Delegacia de Homicídios, Delegado Francisco Costa, o Baretta, foi entregue à Corregedoria da Polícia Civil na manhã de quinta-feira (30).

Segundo nota divulgada pela SSP, ainda hoje o inquérito será encaminhado ao Judiciário.

A Secretaria de Segurança disse que foram analisados os laudos periciais, ouvindo testemunhas, inclusive o depoimento do capitão, além de outros procedimentos de investigação.

"O inquérito aponta para materialidade do homicídio doloso praticado pelo Capitão da PMPI, Allison Watson",
disse a Secretaria de Segurança.

Ainda de acordo com a SSP, a partir de agora a Polícia Civil conclui seu trabalho e quaisquer outras informações sobre o caso estão a cargo do Poder Judiciário.

Veja mais notícias sobre Piauí, clique em florianonews.com/piaui