João Bosco lança álbum ao vivo em que revisita obra com o toque sinfônico da Orquestra Ouro Preto

04/05/2022 10h54


Fonte G1

Imagem: ReproduçãoEm mais uma incursão pelo universo da música popular do Brasil, a Orquestra Ouro Preto dá toque sinfônico ao cancioneiro do compositor João Bosco.  Conterrâneo da orquestra regida(Imagem:Reprodução)
 Em mais uma incursão pelo universo da música popular do Brasil, a Orquestra Ouro Preto dá toque sinfônico ao cancioneiro do compositor João Bosco.

Conterrâneo da orquestra regida pelo maestro Rodrigo Toffolo, Bosco – mineiro de Ponte Nova (MG) – revisita a própria obra, munido do personalíssimo violão, em álbum gravado ao vivo em concerto do artista com a sinfônica de Ouro Preto (MG) em setembro de 2021 durante turnê por cidades de Minas Gerais.

Intitulado Gênesis, o álbum chega ao mundo digital na sexta-feira, 6 de maio. No repertório, abordagens sinfônicas de músicas como Bala com bala (1972), De frente pro crime (1974), Corsário (1975) e O bêbado e a equilibrista (1979) – todas compostas por Bosco com o parceiro letrista Aldir Blanc (1946 – 2020).

“João Bosco é a orquestra de um homem só. Como violonista, faz flutuar melodias com espantosa destreza, produzindo agudos e graves em notas que se multiplicam, numa rítmica muito particular. Em outras palavras, a arte de João Bosco é perfeita”, louva o maestro Rodrigo Toffolo, regente da Orquestra Ouro Preto.


Confira as últimas notícias sobre Cultura: florianonews.com/cultura
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews

Tópicos: orquestra, ouro preto, bosco