Dono de sushi é preso por furto de energia na Capital

08/02/2019 09h54

Dono de sushi é preso por furto de energia na Capital.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarDono de sushi é preso por furto de energia na Capital.(Imagem:Divulgação)

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou, na tarde da última quinta-feira (7), que o proprietário de um restaurante de comida japonesa foi preso por furto de energia. O estabelecimento fica localizado no bairro Morada do Sol, na zona Leste de Teresina.

Segundo a SSP, a prisão ocorreu por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), em parceria com a Cepisa.

Ainda de acordo com a Segurança, o delegado Laércio Evangelista foi responsável pela prisão, mas só dará mais informações nesta sexta-feira (8), a partir das 10h. Segundo o Cidadeverde.com apurou, a prisão ocorreu ainda na noite de ontem e que o empresário já está solto após pagamento de fiança.

Até setembro do ano passado, mais de 60 pessoas haviam sido presas por furto de energia, entre eles donos de academia e restaurantes. Só no primeiro semestre do ano passado, de janeiro a julho de 2018 - a Cepisa teve um prejuízo com os gatos de energia de R$ 236 milhões.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarDono de sushi é preso por furto de energia na Capital.(Imagem:Divulgação)

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou, na tarde da última quinta-feira (7), que o proprietário de um restaurante de comida japonesa foi preso por furto de energia. O estabelecimento fica localizado no bairro Morada do Sol, na zona Leste de Teresina.

Segundo a SSP, a prisão ocorreu por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), em parceria com a Cepisa.

Ainda de acordo com a Segurança, o delegado Laércio Evangelista foi responsável pela prisão, mas só dará mais informações nesta sexta-feira (8), a partir das 10h. Segundo o Cidadeverde.com apurou, a prisão ocorreu ainda na noite de ontem e que o empresário já está solto após pagamento de fiança.

Até setembro do ano passado, mais de 60 pessoas haviam sido presas por furto de energia, entre eles donos de academia e restaurantes. Só no primeiro semestre do ano passado, de janeiro a julho de 2018 - a Cepisa teve um prejuízo com os gatos de energia de R$ 236 milhões.

Fonte CidadeVerde.com

Confira as últimas notícias sobre Piauí: florianonews.com/piaui
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews

Tópicos: prisão, energia, greco