Oposição denuncia a exploração dos servidores estaduais pelo governo

07/10/2019 15h00


Fonte Alepi

Imagem: AlepiDeputado Gustavo Neiva (PSB)(Imagem:Alepi)Deputado Gustavo Neiva (PSB)

O deputado Gustavo Neiva(PSB), ocupou o espaço dos dois minutos na sessão desta segunda-feira (7) para denunciar o que considera “mais uma exploração do governador Wellington Dias (PT) aos servidores públicos estaduais e demais filiados do Plamta, o plano de saude dos servidores”.

Segundo o deputado Gustavo Neiva, os servidores foram surpreendidos logo nas primeiras horas da manhã de hoje, com a notícia de que o plano de saúde Plamta havia sido reajustado em 6,5%. “Com essa medida, o governador prova que está querendo mesmo esfolar os servidores”, lamentou o orador, acrescentando que “o governador só tira dos servidores, como nos casos dos aumentos de energia e combustível, e ainda não repassas aos bancos os valores recolhidos dos servidores do empréstimo consignados”. E concluiu que “agora só faltava este reajuste do plano de saúde dos servidores”.

Pesar - Ao usar o espaço reservado aos dois minutos da sessão desta segunda-feira (7), a deputado Teresa Britto (PV) propôs voto de pesar às famílias da psicóloga Maria Santana de Andrade e do jornalista Egídio Brito, que atuava no grupo Meio Norte.

Teresa Britto disse que era muito amiga da pscóloga e que ambas atuavam no movimento Encontro dos Casais com Cristo.

Maldade - A deputada Teresa Bbritto também repercutiu “mais um pacote de maldades do governador Wellington Dias”, que foi o reajuste do plano de saude dos servidores públicos. “Enquanto os servidores estão com salários achatados e atrasados, o governador aumenta suas despesas”, reclamou.

Confira as últimas notícias sobre Política: florianonews.com/politica
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews