Picos segue decisão judicial e fecha o comércio; comerciantes descumprem regra e abrem

29/06/2020 14h38


Fonte G1 PI

Imagem: Antônio Rocha /TV ClubeComerciantes descumprem decreto e decisão judicial nesta segunda-feira (29) em Picos.(Imagem:Antônio Rocha /TV Clube)Comerciantes descumprem decreto e decisão judicial nesta segunda-feira (29) em Picos.

A Prefeitura de Picos decidiu seguir a decisão do Tribunal de Justiça do Piauí que determinou o fechamento do comércio e a suspensão de eventos religiosos, além de decretar a suspensão das atividades não essenciais no município. Entretanto, boa parte dos comerciantes não seguiram o novo decreto, que ordenou o fechamento das lojas, e abriram as portas nesta segunda-feira (29).

Conforme o decreto, o comércio de Picos ficará fechado por tempo indeterminado. Além disso, foi prorrogada a suspensão das aulas presenciais na rede municipal de ensino, na rede privada e no Cursinho Professor José Bispo até o dia 31 de julho.

Entretanto, a TV Clube flagrou diversas lojas de atividades não essenciais abertas e grande movimentação de pessoas no centro da cidade.

Decisão judicial

O juiz de Direito da 2° Vara da Comarca de Picos, Marcos Antônio Moura, determinou o fechamento do comércio e suspensão das atividades religiosas presenciais no município.

Conforme a decisão, a prefeitura tem o prazo de 48 horas para anular os decretos que permitiram a retomada gradual das atividades, que iniciou no dia 8 de junho. Em caso de descumprimento será aplicada a multa diária de R$ 10 mil ao prefeito José Walmir de Lima (PT).

No dia 17 de junho, o Ministério Público chegou a ingressar um ação civil pública para que fossem anulados atos da Prefeitura Municipal de Picos sobre a retomada de atividades comerciais e religiosas na cidade.
Imagem: Divulgação /TV ClubeGrande movimentação é registrada no Centro de Picos.(Imagem:Divulgação /TV Clube)Grande movimentação é registrada no Centro de Picos.

Retomada da economia

A retomada das atividades econômicas em Picos iniciou no dia 8 de junho. O processo seria gradual, em fases, e escalonado, havendo um rodízio de quais lojas podem abrir em determinado dia da semana.

Caso não houvesse a suspensão das atividades comerciais, Picos entraria na quarta fase do retorno da economia nesta segunda-feira (29), com a abertura de bares, clubes, restaurantes e praças de alimentação em shoppings.

Tópicos: picos, atividades, retomada