Segunda maior barragem do Piauí está com 16,11% de sua capacidade

07/11/2014 09h13


Fonte G1 PI

Imagem: Gil Oliveira/ G1Clique para ampliarBarragem de Bocaina resgistra baixo.(Imagem:Gil Oliveira/ G1)Barragem de Bocaina resgistra baixo.

A barragem de Algodões está com apenas 16,11% da sua capacidade. O reservatório, que possui capacidade para 247 milhões de metros cúbicos, se encontra atualmente com apenas 39,8 milhões. Os dados são referentes ao levantamento que o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) fez no mês de outubro. A barragem fica localizada no município de Curimatá, a cerca de 800 km do município de Teresina.

Outros municípios também passam pela mesma dificuldade. O reservatório da barragem de Bocaina, no município de Bocaina, está com a capacidade de 16,80%. A situação mais grave está no Açude Cajazeiras, no município de Pio IX, onde a barragem está no volume morto e preocupa as autoridades.

Para suprir a necessidade de municípios como Pio IX, o Dnocs está realizando em todo o Piauí a perfuração de 167 poços com a previsão da construção de mais 40. Segundo o diretor do órgão, Aloísio Ferro, até o final do ano de 2014, 177 poços tubulares serão concluídos.

“Para manter o controle das barragens, a proposta é fazer a regularização da vazão, diminuir a carga de uso e perfurar poços tubulares. Além disso, está sendo feito o abastecimento com carros pipa e a construção de áreas irrigáveis”,
disse.

Segundo dados do Dnocs, o Piauí possui 25 barragens. E o nível médio de capacidade está em 40%.

Tópicos: barragem, capacidade, poços