Presidente do CONSAMF se defende de acusações feitas por membro de associação

06/06/2015 08h12

Da redação do FlorianoNews redacao@florianonews.com


A diretoria do Conselho das Associações de Moradores de Floriano, através do presidente Enoque Ramos, vem a público se defender das acusações e ataques pessoais declarados em uma carta direcionada aos membros da Associação de Moradores do Bairro Cajueiro II.

Imagem: FlorianoNewsDocumento(Imagem:FlorianoNews)

O documento, em nome da pessoa de Antônio Vieira Ramos do Nascimento, membro da chapa CONSTRUINDO JUNTOS, candidato à diretoria da Associação de Moradores do Bairro Cajueiro II, reivindica o lançamento de um novo edital para que seja incluído no processo eleitoral, membros sócios apto a votar nas eleições para escolha da diretoria da Associação de Moradores do Bairro Bom Jardim, mais conhecido como Cajueiro II nas eleições abertas para que haja a oportunidade dos moradores se associarem para participarem democraticamente com os seus sócios para eleger uma nova diretoria como manda o respectivo estatuto da associação.

No comunicado aos moradores do bairro, o declarante anuncia que Enoque Ramos está em situação incoerente como presidente da comissão eleitoral e que há conflito de interesse, visão de que o ex-presidente do bairro, Bento Soares de Oliveira, extrapolou seu mandato devido a entender que queria manter legalmente no poder de presidente do bairro, e se via consciente desde sempre que estava agindo de má intenção ao não promover eleições no bairro.

Na carta, o membro da Associação alega que estão utilizando de má fé, pois antes de ser lançado o edital de convocação para as eleições já havia disputa em justiça para que fosse dado o direito de várias pessoas de serem associadas por parte do ex-presidente do bairro, além disso, que a situação da Associação de Moradores está sendo manipulada descaradamente pelo CONSAMF, pois que o ex-presidente do bairro e conselheiro eleitoral do CONSAMF nunca fez prestação de conta dando a entender que há possibilidade de estar se apropriando de valores ilegalmente.

Segundo o documento, o aconselhamento jurídico do CONSAMF, deixa expor uma situação aparente de manipulação do processo eleitoral, impedindo mediante a legitimidade da comissão eleitoral, que seja habilitado legalmente novos sócios para participarem de novas eleições, e que Enoque Ramos como uma pessoa não sócia e muito menos morador do bairro esteja ocupando a posição de presidente da comissão eleitoral, sendo que isto não foi decidido pela maioria na última assembléia geral ocorrida no dia 09 de maio para o lançamento do edital eleitoral.

Na noite da última sexta-feira (05), Enoque Ramos lamentou o fato, quando na carta o candidato Antônio Ramos tenta denegrir sua imagem e confundir a população do bairro quanto a realidade dos fatos. Por este motivo, o presidente do CONSAMF veio a público dar luz aos fatos.

“A comissão organizadora do bairro Cajueiro II é composta por Enoque Ramos, Raimundo Pereira Filho e Maria da Guia Borges, e Lamentavelmente esse candidato Antônio Ramos está totalmente desinformado. Ele coloca várias situações que não existem, inclusive falando da minha pessoa, então a gente lamenta as pessoas participarem de um processo eleitoral e levantando vários tipos de calúnia. O CONSAMF, através do setor jurídico, respondeu isso pra ele, inclusive é cabível a gente entrar com ação contra essa pessoa com indenização, mas ele veio se retratar, foi ao CONSAMF, mas mesmo assim o setor jurídico através da comissão deu a resposta pra ele onde ele disse que muita coisa ele não sabia. Acho que foi a assessoria dele que fez e ele nem chegou a ler, a gente só lamenta”, disse Enoque Ramos.

Imagem: FlorianoNewsEnoque Ramos, presidente do CONSAMF.(Imagem:FlorianoNews)Enoque Ramos, presidente do CONSAMF.

Em entrevista a reportagem do Portal FlorianoNews, Bento Soares de Oliveira, que tenta a reeleição para presidente do bairro, também externou seu ponto de vista referente ao documento acima citado.

"Essa carta tem dois pontos negativos, o primeiro é que Enoque Ramos não é da comissão eleitoral, ele é presidente do CONSAMF, e o direito de eu ser candidato a reeleição, não sou eu que estou dizendo é o estatuto da comunidade. Não sou eu Bento que estou dizendo que sou candidato à reeleição é o estatuto, que diz que eu tenho direito, qualquer morador, qualquer sócio da associação da comunidade Cajueiro II que seja sócio tem direito de concorrer à eleição da comunidade. Outro ponto negativo citada na carta é onde diz que a associação nunca prestou conta; A associação presta conta dentro da associação para aqueles que vão para a reunião, se ele nunca foi pra reunião como é que ele vai saber que a associação foi prestada conta?" Indagou. "Nós temos o balancete, temos tudo montado e que a associação sempre prestou conta, então pra saber o que ocorre na associação tem que participar das reuniões. Essa carta eu não estava sabendo, mas cada um diz o quer", concluiu Bento Soares.

Imagem: FlorianoNewsBento Soares de Oliveira(Imagem:FlorianoNews)Bento Soares de Oliveira