Projeto oferece revisões gratuitas e ajuda estudantes na preparação para o Enem

17/06/2022 10h15


Fonte G1 PI

Imagem: Reprodução/Redes sociaisProjeto oferece revisões gratuitas e ajuda estudantes da Zona Norte de Teresina na preparação para o Enem.(Imagem:Reprodução/Redes sociais)Projeto oferece revisões gratuitas e ajuda estudantes da Zona Norte de Teresina na preparação para o Enem.

Um projeto voluntário na região da Santa Maria da Codipi, Zona Norte de Teresina, distribui livros didáticos e oferece revisões gratuitas para estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nessa quinta-feira (16), feriado de Corpus Christi, a iniciativa contou com a presença de centenas de alunos.

Segundo o idealizador, o pastor e professor de matemática João Gomes, o projeto ‘Jovem Aprovado’ visa democratizar o acesso ao conhecimento e estimular o ingresso de pessoas de baixa renda no ensino superior.

Para se inscrever no projeto e participar das revisões, basta contatar o número de WhatsApp (86) 8139-4956.

“Eu sou fruto de um projeto social e entrei na universidade a partir de um preparatório desses comunitários, então tinha no meu coração essa chama, esse desejo de contribuir com a sociedade”,
contou João Gomes.

A ação social iniciou em 2018, com 40 estudantes. Em poucos anos, o número triplicou e mais de 100 jovens e adultos são beneficiados atualmente. Professores das diversas áreas do conhecimento ministram as aulas de forma voluntária.

Neste ano, a primeira revisão do grupo aconteceu no dia 21 de abril, feriado de Tiradentes. Nessa quinta (16), durante o segundo encontro, participaram o professor de matemática João Gomes, a professora de redação Débora Lívia Cunha, o docente de química Miguel Pinheiro, e Jonas Camilo, de física.

“O projeto foi uma oportunidade não somente de ajudar o próximo, mas também de desenvolver minhas habilidades como uma futura professora de redação na rede pública ou mesmo na rede privada. Fortaleceu em mim essa vontade de atuar em prol da educação”
, comentou a professora de redação Débora Lívia Cunha, que começou a ministrar aulas no projeto antes de concluir a graduação.

A estudante do ensino médio Vitória Macedo irá realizar o Enem pela primeira vez em 2022. As notas da prova podem ser usadas para concorrer a vagas em instituições federais de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em instituições privadas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

Os participantes do Enem ainda podem solicitar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

“Não tem feriado pra quem realmente vai fazer Enem, pra quem quer estudar, pra quem quer conseguir uma vaga, então tamo (sic) aqui nesse feriado e vai dar tudo certo”,
comentou otimista a jovem.

Em entrevista à TV Clube, a atual coordenadora do projeto ‘Jovem Aprovado’, a estudante de enfermagem Nathalie Carvalho, contou que participar como aluna da iniciativa foi o que lhe possibilitou a aprovação em mais de 10 vestibulares.

“A experiência com o projeto abriu a minha mente, me trouxe dicas para as provas, facilitou e me proporcionou ter várias aprovações, tanto nas universidades públicas quanto privadas. Cheguei a passar em Direito, Medicina”,
disse.

Para Marcos Antônio Pereira, o projeto tem também o poder de resgatar vidas. Ele foi usuário de drogas por 37 anos. Hoje, aos 60, está focado nos estudos e busca uma vaga no curso de química.

“Agora tô aqui me preparando, me capacitando. Me vi no interesse de retornar e procurar concluir o meu curso, que é química, área em que trabalho",
contou.

As revisões do projeto acontecem na Congregação Nova Jerusalém, localizada Parque Brasil II, Zona Norte de Teresina.

“Nós temos exemplo de pessoa que estava fora do contexto escolar, ficou animada com o projeto, veio assistir às aulas e, por fim, conseguiu uma aprovação que nem ela acreditava. Conseguiu entrar em uma universidade pública, e isso despertou em outras pessoas o desejo de participar, sabendo que há uma possibilidade dela também entrar na universidade a partir da prova do Enem”, completou o idealizador do projeto, João Gomes.

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook

Tópicos: projeto, universidade, aulas