Oscar 2023: como estão Will Smith e Chris Rock, um ano após tapa polêmico?

24/01/2023 09h03


Fonte O Globo

Imagem: AFPO ator Will Smith (à esquerda) e o comediante Chris Rock.(Imagem:AFP)O ator Will Smith (à esquerda) e o comediante Chris Rock.

Foi um tapa cinematográfico. Mas real, bem real, e movido por raiva, ódio, dor. Um ano após o polêmico tabefe que o ator Will Smith tascou no rosto do comediante Chris Rock — em plena cerimônia do Oscar, em 2022 —, os artistas seguem sem se falar. Sim, até hoje, ambos não conversaram sobre o assunto. E não devem trocar qualquer palavra tão cedo, de acordo com pessoas próximas aos dois, como relata parte da imprensa americana.

Suspenso da Academia do Oscar, grupo que elege os vencedores das categorias da premiação de Hollywood, Will Smith se desculpou pela agressão, por meio de um vídeo publicado no Instagram, em setembro do último ano, seis mês após o fato. "Passou um tempo... Nos últimos meses, eu pensei muito e trabalhei muito em mim mesmo. Falo diretamente a você, Chris. Peço desculpas a você. Meu comportamento foi inaceitável e estou aqui se estiver pronto para conversar", ressaltou o ator.

A resposta não veio. Will Smith, aos poucos, tenta retomar a carreira, apesar de deixar claro seu temor com as reações do público e da própria indústria cinematográfica. Não deixa de ser simbólico que, em seu primeiro trabalho pós-vexame global por bater em alguém, ele seja agredido na tela como nunca antes — e olhe que Smith já foi um boxeador em "Ali" (2001) e comeu o pão que alienígenas amassaram nos três filmes da franquia "Homens de preto" (1997, 2002 e 2012).

Em "Emancipation: uma história de liberdade", que estreou em dezembro de 2022, o ator interpreta um personagem verídico, Peter Gordon, um homem escravizado que fugiu de uma fazenda no estado de Luisiana, nos EUA, durante a Guerra Civil Americana. O trabalho do artista vem sendo elogiado, e ele pode até ser indicado à categoria de Melhor Ator. Com uma ressalva: caso ganhe, está impedido de subir ao palco para receber a estatueta, devido às restrições impostas pela Academia.

Chris Rock quebrou o silêncio sobre o tema também seis meses depois de receber o tapa. Num dos shows de comédia que ele apresenta, o humorista contou que a agressão "doeu para caralh*". "O filho da put* me bateu por causa de uma piada de merda, a piada mais legal que já contei", desabafou o artista.
Imagem: Robyn Beck / AFP O ator Will Smith dá um tapa no ator Chris Rock durante a 94ª premiação do Oscar, em Hollywood, Califórnia, em 27 de março. (Imagem:Robyn Beck / AFP) O ator Will Smith dá um tapa no ator Chris Rock durante a 94ª premiação do Oscar, em Hollywood, Califórnia, em 27 de março.

Profissionais na equipe de Chris Rock relatam que ele não desculpará Will Smith, e que o diálogo entre os dois não deve acontecer. "Will fingiu ser uma pessoa perfeita por 30 anos, e ele arrancou sua máscara e nos mostrou que é tão feio quanto o resto de nós. Quaisquer que sejam as consequências... Espero que ele não coloque a máscara novamente e deixe sua verdadeira face respirar. Me vejo em ambos os homens", afirmou Rock, num de seus espetáculos de stand-up comedy.

Os shows de comédia do artista seguem a pleno vapor, com ingressos esgotados. Aliás, uma semana antes do Oscar 2023, no próximo dia 4 de março (às 23h59, no horário de Brasília), o humorista estrelará a primeira transmissão global e ao vivo da plataforma Netflix. Intitulada "Selective outrage" ("Indignação seletiva", em tradução livre), a produção é o primeiro grande trabalho do profissional após a polêmica. O assunto, claro, será abordado.



Veja mais notícias sobre Cultura, clique em florianonews.com/cultura

Tópicos: tapa, chris rock, will smith