TCU publica edital para auditor com remuneração inicial de R$ 21,9 mil

29/10/2021 15h38


Fonte meionorte.com

Imagem: DivulgaçãoTCU publica edital para auditor com remuneração inicial de R$ 21,9 mil(Imagem:Divulgação)TCU publica edital para auditor com remuneração inicial de R$ 21,9 mil

A espera chegou ao fim para quem pretende participar do novo concurso TCU (Tribunal de Contas da União). Acontece que o edital de abertura de inscrições foi divulgado no diário oficial da União desta sexta-feira, 29 de outubro.

Ao todo serão oferecidas 20 vagas para o cargo de auditor federal de controle externo (AUFC), além de formar cadastro reserva de pessoal para eventuais convocações durante o prazo de validade do concurso, que será de 24 meses, podendo ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período. 

As inscrições serão recebidas a partir desta segunda-feira, 1º de novembro, com atendimento até 20 de dezembro.

Para concorrer será necessário possuir formação de nível superior em qualquer área, com inicial de R$ 21.947,82, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Além disso, os servidores do órgão também contam com benefícios, incluindo auxílio pré-escola de R$ 791,58, auxílio alimentação de R$ 1.011,04 e assistência médica de R$ 174,48, além de auxílio-transporte.

Do total de oportunidades, 15 serão para ampla concorrência, uma para candidato portador de deficiência física e quatro para negros. A lotação das vagas será em Brasília.

Saiba como se inscrever

As inscrições do concurso TCU poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da banca organizadora, a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa é de R$ 180 No primeiro dia de inscrições, o acesso será permitido a partir das 16 horas. No último dia, a inscrição também poderá ser feita até às 16 horas. Quem deixar a inscrição para o último dia poderá efetuar o pagamento da taxa até o dia 21 de dezembro.

A aplicação das provas objetivas e discursivas do concurso TCU serão aplicadas no dia 13 de março, a partir das 13 horas, com duração de cinco horas. Ao todo a seleção contará com duas etapas. A primeira, contando com provas objetivas e discursivas. Na segunda, os aprovados serão submetidos a um curso de formação profissional.

Saiba como serão as provas

A prova objetiva será composta de 100 questões, sendo 50 de conhecimentos gerais e 50 de conhecimentos específicos. A parte de conhecimentos gerais será dividida em dois blocos. O primeiro contará com 30 questões, versando sobre: língua inglesa, matemática financeira, controle externo, administração pública

O segundo bloco será sobre: direito constitucional, direito administrativo, direito civil, direito processual civil. A parte de conhecimentos específicos também será dividida em dois blocos. O primeiro terá 25 questões sobre: estatística análise de dados. No segundo, 25 sobre: auditoria governamental, contabilidade do setor público, análise das demonstrações contábeis, administração financeira e orçamentária e economia do setor público.

A prova discursiva será feita da seguinte forma: a) P3: composta por 2 (duas) questões discursivas de conhecimentos gerais a serem respondidas em até 20 (vinte) linhas cada, valendo 15 pontos cada; b) P4: composta por 2 (duas) questões discursivas de conhecimentos específicos a serem respondidas em até 20 (vinte) linhas cada, valendo 15 pontos cada, 1 (uma) redação de peça de natureza técnica a ser elaborada em até 50 (cinquenta) linhas, valendo 40 pontos.

Tópicos: concurso, provas, inscri??es