MDB convoca primeira reunião após eleições e deve seguir PP

05/11/2018 10h41

MDB convoca primeira reunião após eleições e deve seguir PP.
Imagem: CidadeVerde.comClique para ampliarMarcelo Castro (MDB)(Imagem:CidadeVerde.com)Marcelo Castro (MDB)

A primeira reunião da executiva estadual do MDB após as eleições foi convocada para segunda-feira, 05. O partido deve apoiar a iniciativa do Progressistas, que na semana passada entregou documento ao governador Wellington Dias pedindo redução de secretarias e extinção de coordenadorias.

Segundo integrantes da direção emedebista, o presidente da sigla no estado, deputado federal Marcelo Castro, agora senador eleito, também deve fazer um balanço do desempenho eleitoral do MDB e iniciar discussão sobre pontos como a eleição na Assembleia Legislativa e participação do partido na nova gestão do governador Wellington Dias, a partir de janeiro.

Atualmente o MDB dirige a Sasc (Secretaria de Ação Social e Cidadania), DER-PI, Fundação de Gestão Hospitalar e Coordenadoria de Combate à Pobreza Rural.

Para o próximo mandato do governador Wellington Dias, os emedebistas devem ampliar presença na estrutura administrativa do estado, pois participaram da aliança governista em chapas majoritária e proporcional.

Imagem: CidadeVerde.comClique para ampliarMarcelo Castro (MDB)(Imagem:CidadeVerde.com)Marcelo Castro (MDB)

A primeira reunião da executiva estadual do MDB após as eleições foi convocada para segunda-feira, 05. O partido deve apoiar a iniciativa do Progressistas, que na semana passada entregou documento ao governador Wellington Dias pedindo redução de secretarias e extinção de coordenadorias.

Segundo integrantes da direção emedebista, o presidente da sigla no estado, deputado federal Marcelo Castro, agora senador eleito, também deve fazer um balanço do desempenho eleitoral do MDB e iniciar discussão sobre pontos como a eleição na Assembleia Legislativa e participação do partido na nova gestão do governador Wellington Dias, a partir de janeiro.

Atualmente o MDB dirige a Sasc (Secretaria de Ação Social e Cidadania), DER-PI, Fundação de Gestão Hospitalar e Coordenadoria de Combate à Pobreza Rural.

Para o próximo mandato do governador Wellington Dias, os emedebistas devem ampliar presença na estrutura administrativa do estado, pois participaram da aliança governista em chapas majoritária e proporcional.


Fonte CidadeVerde.com

Veja mais notícias sobre Política, clique em florianonews.com/politica