Elmano defende ensino técnico para combater o desemprego - Notícias de Floriano - Floriano News

Elmano defende ensino técnico para combater o desemprego

Publicado 14 de setembro de 2018 às 10:10 hs


Imagem: AscomClique para ampliarElmano defende ensino técnico para combater o desemprego.(Imagem:Ascom)

O candidato a governador do Piauí, Elmano Férrer (Podemos), defendeu a importância da criação de escolas profissionalizantes como uma das saídas para o desemprego entre jovens recém egressos das escolas e universidades. Ele defende o investimento em instituições voltadas para a micro e pequenas empresas.

“Nós não podemos jamais inserir no mercado de trabalho, um jovem na faixa de 18 anos, que não tenha uma qualificação profissional. Outro aspecto importante é a formação empreendedora desses jovens, através de instituições voltadas para a micro e pequena empresa, e na formação dando uma qualificação profissional a ele. Além da oportunidade de entrar no mercado de trabalho como um empreendedor, ou seja, botando uma atividade profissional na área do comércio ou indústria”, ressaltou.

Ferrér destacou também a atual situação que muitos jovens, mesmo com diploma em mãos, encontram ao entrar no mercado de trabalho. “As nossas instituições, seja superior ou médio, estão formando profissionais que chegam ao mercado e não encontra oportunidade. Inclusive, uma grande preocupação minha em particular, são as gerações que estão chegando ao mercado e levando a depressão e suicídio por falta de oportunidade. Esse é um grande tema que temos que ver no próximo governo”, analisou.

Questionado sobre como fará para combater a corrupção que atinge a política brasileira, em especial ao Estado, o candidato disse que começará por órgãos como a Controladoria do Estado. “Uma Controladoria que funcionasse desde o princípio dos contratos e convênios. Mas, eu também implantarei o controle social da sociedade, e fizemos isso enquanto prefeito de Teresina. Entregamos a própria sociedade esses contratos para acompanhar”, disse.

Elmano falou ainda sobre temas como as condições dos aeroportos regionais e da falsa interiorização da saúde que prega o governo atual. “Nós temos uma falsa ideia da interiorização saúde. Fato é que não se pode interiorizar a saúde com 1.050 médicos no interior e 3.050 na capital. Isso significa que para todo o interior, temos um médico para cada 2.280 habitantes. Isso só comprova que nunca se interiorizou a saúde nesse estado. No nosso governo, nós vamos fazer isso com competência”, afirmou.

florianonews.com/politica: confira as últimas notícias sobre Política
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews

Fonte CidadeVerde.com

Espeto & Cia - Padrão
Pequeno Principe

AS MAIS

 
1

1