SDR lança Plano Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura nesta sexta (22)

22/03/2019 09h08

SDR lança Plano Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura nesta sexta (22).
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarSDR lança Plano Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura nesta sexta (22).(Imagem:Divulgação)

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) lança, nesta sexta-feira (22), às 9h, no auditório da sede da secretaria, o Plano Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura do Piauí 2019-2023, documento elaborado e resultante da parceria da SDR com a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O ministério disponibilizou, por meio de edital, um consultor da Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura (FAO), que atuou junto à SDR e instituições parceiras, em um levantamento detalhado sobre as necessidades, planejamentos, estruturas e ações voltadas para maior consolidação e êxito da atividade no Piauí nos próximos anos.

O documento para ser elaborado contou com apoio da Câmara Setorial de Piscicultura, além de órgãos Parceiros como Emater, Adapi, Sebrae, UFPI, Uespi, IFPI, Embrapa, Codevasf, STTRS, prefeituras. A realização foi da FAO, por meio da consultoria do engenheiro de pesca Felipe Matias.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarSDR lança Plano Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura nesta sexta (22).(Imagem:Divulgação)

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) lança, nesta sexta-feira (22), às 9h, no auditório da sede da secretaria, o Plano Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura do Piauí 2019-2023, documento elaborado e resultante da parceria da SDR com a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O ministério disponibilizou, por meio de edital, um consultor da Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura (FAO), que atuou junto à SDR e instituições parceiras, em um levantamento detalhado sobre as necessidades, planejamentos, estruturas e ações voltadas para maior consolidação e êxito da atividade no Piauí nos próximos anos.

O documento para ser elaborado contou com apoio da Câmara Setorial de Piscicultura, além de órgãos Parceiros como Emater, Adapi, Sebrae, UFPI, Uespi, IFPI, Embrapa, Codevasf, STTRS, prefeituras. A realização foi da FAO, por meio da consultoria do engenheiro de pesca Felipe Matias.

Fonte CidadeVerde.com