Motoqueiros desafiam a polícia em rachas semanais com data e hora marcada - Notícias de Floriano - Floriano News

Motoqueiros desafiam a polícia em rachas semanais com data e hora marcada

Publicado 19 de março de 2017 às 08:14 hs


Fazer rachas com motocicletas ainda é uma prática muito comum nas proximidades da Ponte Estaiada. A prática é proibida mas isso não inibe os adeptos que têm até dia marcado para se encontrar, mesmo com as câmeras de vídeo que a polícia tem para monitorar o local.

Os jovens desafiam a sorte e arriscam a própria vida. Nas manobras perigosas eles conduzem as motocicletas com apenas um dos pneus no chão. Outros fazem racha para exibir a potência dos motores. Alguns nem usam capacete.

Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarMotoqueiros desafiam a polícia em rachas semanais com data e hora marcada.(Imagem:Divulgação)

Os encontros acontecem no estacionamento da Ponte Estaiada toda quinta-feira a noite. A área é monitorada pela câmera guardiã da Polícia Militar. Mesmo assim os motociclistas insistem em cometer a infração.

A PM sempre age rapidamente mas como as motocicletas estão em grande quantidade a maioria consegue fugir. Na última vez, zinco veículos foram apreendidos. A infração é utilizar o transporte para fazer manobras perigosas. A penalidade vai de multa à autuação em flagrante, dependendo da gravidade, além de apreensão do veículo.

“Se o condutor for habilitado ele tem uma grande possibilidade de perder a sua carteira. Se a moto estiver atrasada ela também será apreendida e trazida ao pátio do Detran e qualquer irregularidade junto ao condutor ou ao veículo serão apuradas pelo Detran e BPRE".


A Polícia alerta que os espectadores também correm risco de se ferir. A presença deles só fortalece a prática. “Os telespectadores incitam os motoqueiros as práticas perigosas. Uma vez que não haja plateia é mais difícil que essas pessoas saiam para fazer as manobras na rua".

Fonte Cidadeverde.com

Cajueiro Motos

AS MAIS