Ex-funcionário do Banco do Brasil é preso por estuprar as filhas no PI

10/05/2019 08h53

Ex-funcionário do Banco do Brasil é preso por estuprar as filhas no PI.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarEx-funcionário do Banco do Brasil é preso por estuprar as filhas no PI.(Imagem:Divulgação)

A Polícia Civil do Piauí deflagrou no início da manhã desta sexta-feira (10) a Operação Indgnus, com o objetivo de cumprir onze mandados de prisão contra acusados de estupro.

Nove pessoas já foram presas, entre elas, um ex-funcionário do Banco do Brasil e um ex-militar acusados de estuprar as próprias filhas.

"O nome da Operação significa desmerecedor de perdão. Até agora são 11 mandados de prisão e nove pessoas presas. Temos um caso bastante ilustrativo, foi um ex-funcionário do banco do Brasil que foi preso na cidade de Piracuruca, acusado de estupro contra as próprias filhas. Temos também um ex-militar que é acusado de ter estuprado a própria filha menor na época",
relatou o delegado Willame Morais, coordenador da Divisão de Capturas (DICAP).
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarEx-funcionário do Banco do Brasil é preso por estuprar as filhas no PI.(Imagem:Divulgação)

A Polícia Civil do Piauí deflagrou no início da manhã desta sexta-feira (10) a Operação Indgnus, com o objetivo de cumprir onze mandados de prisão contra acusados de estupro.

Nove pessoas já foram presas, entre elas, um ex-funcionário do Banco do Brasil e um ex-militar acusados de estuprar as próprias filhas.

"O nome da Operação significa desmerecedor de perdão. Até agora são 11 mandados de prisão e nove pessoas presas. Temos um caso bastante ilustrativo, foi um ex-funcionário do banco do Brasil que foi preso na cidade de Piracuruca, acusado de estupro contra as próprias filhas. Temos também um ex-militar que é acusado de ter estuprado a própria filha menor na época",
relatou o delegado Willame Morais, coordenador da Divisão de Capturas (DICAP).

Fonte Portalr10

Veja mais notícias sobre Piauí, clique em florianonews.com/piaui

Tópicos: operação, presos, estupro