Reunião entre PMF e vendedores ambulantes discute construção de camelódromo em Floriano

16/05/2019 09h22

Reunião entre PMF e vendedores ambulantes discute construção de camelódromo em Floriano.
A Prefeitura de Floriano recebeu, na última terça-feira, (14) um grupo de vendedores ambulantes do município que vieram reforçar a solicitação de construção do camelódromo Centro Comercial São Pedro. Outras reuniões já foram realizadas para discutir sobre uma estrutura própria para os camelôs.

Com a revitalização da rua São Pedro e da praça Coronel Borges no Centro da cidade, a comissão dos camelôs que atuavam nas avenida João Luiz Ferreira, Getúlio Vargas e rua Fernando Marques, foram notificados pelo município para deixarem as vias públicas, ocupadas de forma irregular, como regem as leis municipais.

Imagem: SECOMReunião entre PMF e vendedores ambulantes discute construção de camelódromo em Floriano.(Imagem:SECOM)

A prefeitura apresentou algumas alternativas para a mudança de caráter temporário, até a construção de um camelódromo que os comportassem, com recursos do projeto de alienação de bens que comportava 8 obras, dentre elas a construção de dois novos Espaços para os Camelôs, que seriam o Centro Comercial “Assad Kalume” e o Centro Comercial “São Pedro”. Mas o projeto não foi aceito pelos vereadores. Em junho de 2018, a Prefeitura disponibilizou, para os ambulantes, um local estruturado temporário, localizado na Avenida Getúlio Vargas, com 451 metros quadrados e capacidade para 53 barracas.

Paralelo a isso, vem sendo preparado o camelódromo definitivo que atenderá um número maior de vendedores ambulantes da cidade. O prefeito Joel Rodrigues disse que há o projeto para a construção de um camelódromo, que após aprovação, deverá ser entregue até dezembro.

“Infelizmente com a não aprovação do projeto de alienação de bens, nós estamos aqui com uma outra alternativa para que esta reivindicação seja atendida. Uma ação importante de valorização e geração de renda desta classe de trabalhadores”, afirmou Joel.



A Prefeitura de Floriano recebeu, na última terça-feira, (14) um grupo de vendedores ambulantes do município que vieram reforçar a solicitação de construção do camelódromo Centro Comercial São Pedro. Outras reuniões já foram realizadas para discutir sobre uma estrutura própria para os camelôs.

Com a revitalização da rua São Pedro e da praça Coronel Borges no Centro da cidade, a comissão dos camelôs que atuavam nas avenida João Luiz Ferreira, Getúlio Vargas e rua Fernando Marques, foram notificados pelo município para deixarem as vias públicas, ocupadas de forma irregular, como regem as leis municipais.

Imagem: SECOMReunião entre PMF e vendedores ambulantes discute construção de camelódromo em Floriano.(Imagem:SECOM)

A prefeitura apresentou algumas alternativas para a mudança de caráter temporário, até a construção de um camelódromo que os comportassem, com recursos do projeto de alienação de bens que comportava 8 obras, dentre elas a construção de dois novos Espaços para os Camelôs, que seriam o Centro Comercial “Assad Kalume” e o Centro Comercial “São Pedro”. Mas o projeto não foi aceito pelos vereadores. Em junho de 2018, a Prefeitura disponibilizou, para os ambulantes, um local estruturado temporário, localizado na Avenida Getúlio Vargas, com 451 metros quadrados e capacidade para 53 barracas.

Paralelo a isso, vem sendo preparado o camelódromo definitivo que atenderá um número maior de vendedores ambulantes da cidade. O prefeito Joel Rodrigues disse que há o projeto para a construção de um camelódromo, que após aprovação, deverá ser entregue até dezembro.

“Infelizmente com a não aprovação do projeto de alienação de bens, nós estamos aqui com uma outra alternativa para que esta reivindicação seja atendida. Uma ação importante de valorização e geração de renda desta classe de trabalhadores”, afirmou Joel.




Fonte SECOM

Confira as últimas notícias sobre Floriano: florianonews.com/floriano
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews