Polícia Civil realiza prisão de duas pessoas em Floriano

16/05/2019 09h11

Da redação do FlorianoNews [email protected]

Polícia Civil realiza prisão de duas pessoas em Floriano.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarFrancisco Santos Brito(Imagem:Divulgação)Francisco Santos Brito

A 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Floriano deu cumprimento, na manhã da última quarta-feira, 15 de maio, aos mandados de prisão preventiva, deferidos pelo Dr. Noé Pacheco de Carvalho, Juiz da 1ª Vara Criminal de Floriano, em desfavor dos nacionais Francisco Santos Brito, vulgo “Manchinha”, e Francisco Jodilson Barros de Oliveira.

As prisões foram efetuadas mediante ação da Equipe de Investigação da 2ª Delegacia Regional de Polícia de Floriano.

Manchinha foi preso na residência de sua mãe, no bairro Bom Lugar. Ele é suspeito de ter matado o comerciante João Alves da Cruz durante uma tentativa de assalto ocorrido no dia 2 de abril, na Rua Fernando Marques.

Já Francisco Jodilson Barros de Oliveira foi preso no bairro Curador, e deve cumprir 6 anos pelo crime de roubo.

Imagem: Polícia CivilFrancisco Jodilson Barros de Oliveira (Imagem:Polícia Civil)Francisco Jodilson Barros de Oliveira 

Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarFrancisco Santos Brito(Imagem:Divulgação)Francisco Santos Brito

A 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Floriano deu cumprimento, na manhã da última quarta-feira, 15 de maio, aos mandados de prisão preventiva, deferidos pelo Dr. Noé Pacheco de Carvalho, Juiz da 1ª Vara Criminal de Floriano, em desfavor dos nacionais Francisco Santos Brito, vulgo “Manchinha”, e Francisco Jodilson Barros de Oliveira.

As prisões foram efetuadas mediante ação da Equipe de Investigação da 2ª Delegacia Regional de Polícia de Floriano.

Manchinha foi preso na residência de sua mãe, no bairro Bom Lugar. Ele é suspeito de ter matado o comerciante João Alves da Cruz durante uma tentativa de assalto ocorrido no dia 2 de abril, na Rua Fernando Marques.

Já Francisco Jodilson Barros de Oliveira foi preso no bairro Curador, e deve cumprir 6 anos pelo crime de roubo.

Imagem: Polícia CivilFrancisco Jodilson Barros de Oliveira (Imagem:Polícia Civil)Francisco Jodilson Barros de Oliveira 


Tópicos: floriano, preso, francisco