Candidatos fazem novas denúncias contra provas do concurso público de Floriano

22/05/2019 09h19

Da redação do FlorianoNews [email protected]

Candidatos fazem novas denúncias contra provas do concurso público de Floriano.
Imagem: ReproduçãoClique para ampliarCandidatos fazem novas denúncias contra provas do concurso público de Floriano.(Imagem:Reprodução)

Foram reaplicadas, no último domingo (19), as provas do concurso público de Floriano para as áreas de odontólogo?periodontista, professor de educação física, vigia e auxiliar de serviços gerais.

O certame, executado sob a responsabilidade do Instituto Legatus, contou com um total de 5.253 candidatos, sendo 2 para odontólogo?periodontista, 540 para professor de educação infantil, 2.291 para vigia e 2.420 para auxiliar de serviços gerais.

Na última terça-feira (21) um dos candidatos entrou em contato com a redação do Portal Floriano News para fazer novas denúncias quanto ao conteúdo do certame. Segundo o denunciante, a prova para o cargo de educação Infantil não estaria de acordo com o conteúdo programático divulgado no edital.

“A prova para o cargo de ed. Infantil não está de acordo com o conteúdo programático do edital, cobrou conhecimentos locais e três questões do específico que não é conteúdo da educação infantil. Exemplo: semântica, linguística e dezena, centena e unidade.
Tem o conteúdo o trabalho da língua portuguesa e da matemática no cotidiano infantil, o que a questão fala de semântica e de ordens decimais, o português e a matemática no cotidiano de 0 a 5 anos é linguagem oral, noção de letras, números e quantidades. O conteúdo não condiz”,
diz o denunciante.

Outro lado

Procurada, a Prefeitura Municipal de Floriano, através da Secretaria de Comunicação, se pronunciou sobre o caso. Confira a nota enviada na integra:

O Instituto Legatus, executora do certame, informou que há previsão no edital dos conteúdos cobrados nas questões da prova. Conforme Edital nº 01/2019, consta no conteúdo programático do cargo de Professor de Educação Infantil o conteúdo "Aspectos econômicos, sociais, históricos, geográficos e culturais do Município de Floriano". A propósito, a cobrança de conhecimentos locais é uma exigência, inclusive, de lei municipal. Outrossim, as demais questões encontram-se, igualmente, dentro do conteúdo previsto, sempre contemplando a interdisciplinaridade e a capacidade de raciocínio dos candidatos. Por fim, é importante registrar que os candidatos têm o prazo estabelecido no Edital nº 04/2019 para apresentar os devidos recursos, que serão todos analisados individualmente e respondidos pela banca examinadora.

Imagem: ReproduçãoClique para ampliarCandidatos fazem novas denúncias contra provas do concurso público de Floriano.(Imagem:Reprodução)

Foram reaplicadas, no último domingo (19), as provas do concurso público de Floriano para as áreas de odontólogo?periodontista, professor de educação física, vigia e auxiliar de serviços gerais.

O certame, executado sob a responsabilidade do Instituto Legatus, contou com um total de 5.253 candidatos, sendo 2 para odontólogo?periodontista, 540 para professor de educação infantil, 2.291 para vigia e 2.420 para auxiliar de serviços gerais.

Na última terça-feira (21) um dos candidatos entrou em contato com a redação do Portal Floriano News para fazer novas denúncias quanto ao conteúdo do certame. Segundo o denunciante, a prova para o cargo de educação Infantil não estaria de acordo com o conteúdo programático divulgado no edital.

“A prova para o cargo de ed. Infantil não está de acordo com o conteúdo programático do edital, cobrou conhecimentos locais e três questões do específico que não é conteúdo da educação infantil. Exemplo: semântica, linguística e dezena, centena e unidade.
Tem o conteúdo o trabalho da língua portuguesa e da matemática no cotidiano infantil, o que a questão fala de semântica e de ordens decimais, o português e a matemática no cotidiano de 0 a 5 anos é linguagem oral, noção de letras, números e quantidades. O conteúdo não condiz”,
diz o denunciante.

Outro lado

Procurada, a Prefeitura Municipal de Floriano, através da Secretaria de Comunicação, se pronunciou sobre o caso. Confira a nota enviada na integra:

O Instituto Legatus, executora do certame, informou que há previsão no edital dos conteúdos cobrados nas questões da prova. Conforme Edital nº 01/2019, consta no conteúdo programático do cargo de Professor de Educação Infantil o conteúdo "Aspectos econômicos, sociais, históricos, geográficos e culturais do Município de Floriano". A propósito, a cobrança de conhecimentos locais é uma exigência, inclusive, de lei municipal. Outrossim, as demais questões encontram-se, igualmente, dentro do conteúdo previsto, sempre contemplando a interdisciplinaridade e a capacidade de raciocínio dos candidatos. Por fim, é importante registrar que os candidatos têm o prazo estabelecido no Edital nº 04/2019 para apresentar os devidos recursos, que serão todos analisados individualmente e respondidos pela banca examinadora.


Confira as últimas notícias sobre Floriano: florianonews.com/floriano
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews

Tópicos: floriano, candidatos, prova