Candidatos do concurso de Floriano vão ao Ministério Público e cobram anulação de provas

16/04/2019 09h53

Da redação do FlorianoNews [email protected]

Candidatos do concurso de Floriano vão ao Ministério Público e cobram anulação de provas.
Um grupo de candidatos se reuniu em frente à sede do Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI), na cidade de Floriano, para pedir a anulação geral das provas do concurso da Prefeitura Municipal de Floriano, realizado no último domingo (14).

A prova para diversos cargos se tornou tema de polêmica após candidatos denunciarem fatos graves na aplicação do exame, como o flagrante de uma pessoa portando o gabarito da prova, além da suspeita de plágio, uma vez que segundo os candidatos, pelo menos 20 questões são exatamente iguais às existentes na prova do concurso da Prefeitura de Monsenhor Gil, ocorrido no último dia 07.

Imagem: FlorianoNewsCandidatos do concurso de Floriano vão ao Ministério Público e cobram anulação de provas.(Imagem:FlorianoNews)

Por se sentirem lesados, na manhã desta terça-feira (16) um grupo de concurseiros protocolou no Ministério Público de Floriano o pedido de anulação das provas, bem como a investigação das questões semelhantes às disponíveis no concurso de Monsenhor Gil.

“Chegamos a ver (a nota de esclarecimento da Prefeitura), e através dela que a gente veio também se pronunciar para que a gente possa recolher essas provas legais e buscar os nossos direitos de anular o concurso e fazer um novo concurso com a prova digna de concurso público”, disse um dos candidatos. 

O candidato se refere a nota divulgada na segunda-feira (15) e noticiada no Floriano News, quando a Comissão Organizadora afirma que pediu explicações ao Instituto Legatus e se irregulares forem confirmadas, o concurso poderá ser anulado com a realização de novas provas.

Imagem: FlorianoNewsCandidatos do concurso de Floriano vão ao Ministério Público e cobram anulação de provas.(Imagem:FlorianoNews)
Um grupo de candidatos se reuniu em frente à sede do Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI), na cidade de Floriano, para pedir a anulação geral das provas do concurso da Prefeitura Municipal de Floriano, realizado no último domingo (14).

A prova para diversos cargos se tornou tema de polêmica após candidatos denunciarem fatos graves na aplicação do exame, como o flagrante de uma pessoa portando o gabarito da prova, além da suspeita de plágio, uma vez que segundo os candidatos, pelo menos 20 questões são exatamente iguais às existentes na prova do concurso da Prefeitura de Monsenhor Gil, ocorrido no último dia 07.

Imagem: FlorianoNewsCandidatos do concurso de Floriano vão ao Ministério Público e cobram anulação de provas.(Imagem:FlorianoNews)

Por se sentirem lesados, na manhã desta terça-feira (16) um grupo de concurseiros protocolou no Ministério Público de Floriano o pedido de anulação das provas, bem como a investigação das questões semelhantes às disponíveis no concurso de Monsenhor Gil.

“Chegamos a ver (a nota de esclarecimento da Prefeitura), e através dela que a gente veio também se pronunciar para que a gente possa recolher essas provas legais e buscar os nossos direitos de anular o concurso e fazer um novo concurso com a prova digna de concurso público”, disse um dos candidatos. 

O candidato se refere a nota divulgada na segunda-feira (15) e noticiada no Floriano News, quando a Comissão Organizadora afirma que pediu explicações ao Instituto Legatus e se irregulares forem confirmadas, o concurso poderá ser anulado com a realização de novas provas.

Imagem: FlorianoNewsCandidatos do concurso de Floriano vão ao Ministério Público e cobram anulação de provas.(Imagem:FlorianoNews)

Veja mais notícias sobre Floriano, clique em florianonews.com/floriano